Mamografia é totalmente segura

quinta-feira, 27, outubro , 2016 por
Recentemente, surgiram na mídia e nas redes sociais informações e boatos associando exames de mamografia com o aumento do risco de câncer de tireoide. Esses fatos têm gerado dúvidas quanto à necessidade do uso de protetor de tireoide durante a realização da mamografia.
Especialistas afirmam que não existem dados consistentes que demonstrem que uma mulher submetida a mamografia tenha aumento do risco de câncer de tireoide. “A dose de radiação para a tireoide durante uma mamografia é extremamente baixa (menor que 1% da dose recebida pela mama). Isto é equivalente a 30 minutos de exposição à radiação recebida a partir de fontes naturais. Essa radiação é desprezível perto do benéfico e importância da mamografia para a mulher”, explica o Imaginologista e diretor da Eco Clínica, Dr. Mário Caporal.
Além disso, o protetor de tireoide pode interferir no posicionamento da mama e gerar sobreposição – fatores que podem reduzir a qualidade da imagem, interferir no diagnóstico e levar à necessidade de repetições de exames.
Em nota, a Agência Internacional de Energia Atômica destaca que ”na mamografia moderna, há uma exposição insignificante para outros locais que não seja a mama. O principal valor da utilização dos protetores de radiações é psicológico”. O Colégio Brasileiro de Radiologia, a Sociedade Brasileira de Mastologia e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia reiteram esta posição.
Sabemos que a principal maneira de diagnosticar precocemente o câncer de mama é a mamografia. De acordo com Dr. Mário o câncer de mama descoberto em estágios iniciais aumenta significativamente a chance de cura. “Alguns fatores de risco podem aumentar a chance de câncer como histórico familiar, menarca precoce (idade da primeira menstruação), menopausa tardia, primeira gravidez após os 30 anos, não ter tido filhos, consumo regular de álcool, além de poder estar associado a questões psicossomáticas ligadas ao stress”, explica o especialista.
Diversas ações estão sendo realizadas marcando a campanha do Outubro Rosa, que alerta para a prevenção do câncer de mama. Neste sábado, em Tubarão, acontece mais uma edição da caminhada rosa, com saída marcada para às 9h, em frente à antiga rodoviária. Vista-se de rosa e participe.

Centenas de pessoas participaram na manhã deste sábado da 4ª Caminhada do Outubro Rosa, em Tubarão. Diversas instituições da cidade estiveram engajadas em promover a conscientização das mulheres na prevenção do câncer de mama. O evento deste fim de semana começou às 9 horas e o trajeto percorrido foi da antiga rodoviária ate o museu Willy Zumblick, na Avenida Marcolino Martins Cabral.

Conforme uma das organizadoras do evento, a gestora da Eco Clínica, Silvana Caporal, a iniciativa tem como objetivo orientar as mulheres a se prevenirem de uma das doenças que mais acomete as brasileiras. “É muito importante que todas se conscientizem e se sensibilizem que a prevenção é fundamental sempre e não apenas neste mês. Detectar o câncer de forma precoce contribui em 90% as chances de cura. Por isso, nunca devemos deixar de fazer os exames”, explica.

Na Cidade Azul, a Rede Feminina de Combate ao Câncer atua há 36 anos nesta importante missão para as mulheres, porém a campanha Outubro Rosa teve o seu início em 2010. Na entidade mais de 350 pessoas acima de 50 anos são atendidas mensalmente. O local é aberto à população. “Prevenir é, além de tudo, cuidar da alimentação, realizar exercícios físicos, procurar não ter contato com a poluição, não se estressar e ter uma vida saudável”, avalia a organizadora, que também é voluntária na Rede feminina.

No próximo dia 18, às 16 horas, a equipe da Rede Feminina promoverá o evento ‘Café Cor de Rosa’, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na cidade. Os ingressos podem ser adquiridos com as organizadoras. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, até o fim desde ano a expectativa é que sejam diagnosticadas com a doença 57.960 mil pessoas e com 14 mil mortes.

eco-1

eco-2

eco-3

eco-4

eco-5

eco-6

Campanha inicia com orientação

terça-feira, 04, outubro , 2016 por

O mês de outubro chegou e veio acompanhado de uma nova cor de conscientização. O tom rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama, invadirá as pontes e praças públicas ainda nesta semana em Tubarão. E para iniciar a orientação às mulheres, a Cidade Azul inicia hoje a programação para o mês especial.

Através da Fundação Municipal de Saúde, em parceria com a de Desenvolvimento Social, além de diversos parceiros, a programação começa hoje às 9h e segue até as 17h, defronte à EcoClínica. Apresentações culturais divertirão o público, enquanto os profissionais dos ramos de saúde e beleza executam cortes de cabelo, exames e orientações.

A Fundação de Meio Ambiente também marcará presença com ações do Tubarão Rumo a Lixo Zero. A expectativa é que no local haja caixas para depósito de medicamentos vencidos e óleo usado. Outra programação em destaque ocorrerá neste domingo, às 8h, quando será realizada a corrida Fast Marathon, do Cortuba, com 42 km de percurso. Já na reta final do cronograma, em 27 de outubro, será executada às 15h uma audiência pública para falar sobre o dia pró-saúde da população negra.

Fechando a programação, será feito um happy hour temático, quando serão oferecidas diversas palestras sobre o tema principal do Outubro Rosa. Haverá ainda um local para doação de lenços aos pacientes que enfrentam o processo de quimioterapia. O local sede será o Centro Municipal de Cultura – Museu Willy Zumblick, e o período, das 19h às 21h.

A história

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, de empresas e entidades. A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York em 1990 e desde então promovida anualmente na cidade (www.komen.org).

 

08.04-Dia-Mundia-contra-o-cancer-de-mama_mini

Todos nós sabemos que a luta contra o câncer é diária. Hoje, 8 de abril, é lembrado como o Dia Mundial do Combate ao Câncer, data criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nas últimas décadas, o câncer ganhou uma dimensão maior, convertendo-se em um evidente problema de saúde pública mundial. A OMS estima que, no ano 2030, podem-se esperar 27 milhões de casos incidentes de câncer, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com câncer.

A prevenção ainda é o melhor caminho para se evitar a doença. Há dois tipos de prevenção: prevenção primária e secundária. A primeira consiste na mudança dos hábitos pessoais de um indivíduo com o objetivo de reduzir a influência dos fatores ambientais causadores de uma determinada doença. A segunda, diferentemente, foca no seu diagnóstico precoce, partindo da premissa de que, quanto antes for feito o diagnóstico do câncer, maiores são as chances de cura do paciente.

Uma das doenças que mais atinge as mulheres ainda é o câncer de mama. Sabemos que a principal maneira de diagnosticar precocemente a doença é por meio do exame da mamografia. O câncer de mama descoberto em estágios iniciais aumenta em 90% a chance de cura. Alguns fatores de risco também podem aumentar as probabilidades de câncer, como histórico familiar, menarca precoce – idade da primeira menstruação -, menopausa tardia, primeira gravidez após os 30 anos, não ter tido filhos e a nuliparidade, a ingestão regular de álcool, mesmo em quantidade moderada, além de poder estar associado a questões psicossomáticas ligadas ao estresse.

O sintoma do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço na mama, acompanhado ou não de dor. Podem também aparecer pequenos caroços embaixo do braço, chamados de ínguas. Nem todo caroço pode ser um câncer, por isso a importância desta campanha onde nós chamamos a atenção das mulheres para a realização de exames preventivos regularmente. A Eco Clínica trouxe para Tubarão o primeiro mamógrafo e hoje disponibiliza mamografia digital e ultrassonografia, que permitem a realização de exames mais precisos da mama.

 

Dia Nacional da Mamografia alerta para prevenção

quinta-feira, 04, fevereiro , 2016 por

Nesta sexta-feira, dia 5, além do início oficial das festas de carnaval é comemorado o Dia Nacional da Mamografia. Instituído há 2 anos, a partir do Projeto de Lei da Senadora Maria do Rosário (PT-RS), a data tem como objetivo sensibilizar mulheres sobre a importância de realizar o exame para a detecção precoce do câncer de mama, importante causa de morte no Brasil.

Sabemos que a principal maneira de diagnosticar precocemente o câncer de mama é a mamografia. De acordo com o Imaginologista e diretor da Eco Clínica, Dr. Mário Caporal, o câncer de mama descoberto em estágios iniciais aumenta significativamente a chance de cura. “Alguns fatores de risco podem aumentar a chance de câncer como histórico familiar, menarca precoce (idade da primeira menstruação), menopausa tardia, primeira gravidez após os 30 anos, não ter tido filhos, consumo regular de álcool, além de poder estar associado a questões psicossomáticas ligadas ao stress”, explica o especialista.

O sinal do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço na mama, acompanhado ou não de dor. Podem também aparecer pequenos caroços embaixo do braço chamados de ínguas. “Nem todo caroço pode ser um câncer, por isso a importância desta campanha onde nós chamamos a atenção das mulheres para realização de exames preventivos regularmente”, afirma o médico. O câncer de mama é uma doença que ocorre por conta do desenvolvimento anormal das células da mama. Elas se multiplicam repetidamente até formarem um tumor maligno. Por isso a importância do diagnóstico precoce. “Tanto esta data comemorada agora no início de fevereiro, como o outubro rosa, são campanhas importantes para a conscientização das pessoas em relação a prevenção, mas é importante destacar que isto deve ser feito o ano todo. Por isso, nós conversamos com as nossas clientes para que no mês do seu aniversário a mulher se dê de presente a mamografia”, explica Dr. Mário.

DSC_0511

Feliz Ano Novo

quarta-feira, 30, dezembro , 2015 por

na novo

Feliz Natal

terça-feira, 22, dezembro , 2015 por

natal eco

O Dr Mário Caporal esteve nesta proferindo palestra sobre o Novembro Azul e o Câncer de Próstata. O convite veio do Movimento de Irmãos do bairro Humaitá de Cima e o evento aconteceu no salão comunitário ao lado da igreja. “É muito importante falar para as pessoas sobre este assunto. Temos que acabar com o tabú e os homens precisam fazer o exame de toque. É mais um dos casos em que a prevenção pode salvar muitas vidas”, destacou Dr. Mário.

01 02 03 04 05 06

Neste final de semana foi realizada mais uma edição da Caminhada Rosa, atividade alusiva ao mês do Outubro Rosa, preventivo ao câncer de mama. Em Tubarão diversas entidades participaram e a Eco Clínica, juntamente com a Rede Feminina de Combate ao Câncer, foram algumas das organizadoras. Com faixas, balões e muitos adereços rosas, a caminhada passou pelas principais ruas do centro da cidade, com principal objetivo de mostrar para a população que a prevenção ainda é a melhor forma de vencer esta doença.

01 0607 0504 03 02

Quanto mais cedo, melhor

terça-feira, 27, outubro , 2015 por

Muitas atividades estão sendo realizadas na região, alusivas ao Outubro Rosa, movimento de luta contra o câncer de mama. Sabemos que a principal maneira de diagnosticar precocemente a doença é por meio do exame da mamografia. O câncer de mama descoberto em estágios iniciais aumenta em 90% a chance de cura. Alguns fatores de risco também podem aumentar as probabilidades de câncer, como histórico familiar, menarca precoce – idade da primeira menstruação -, menopausa tardia, primeira gravidez após os 30 anos, não ter tido filhos e a nuliparidade, a ingestão regular de álcool, mesmo em quantidade moderada, além de poder estar associado a questões psicossomáticas ligadas ao estresse.

O sintoma do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço na mama, acompanhado ou não de dor. Podem também aparecer pequenos caroços embaixo do braço, chamados de ínguas. Nem todo caroço pode ser um câncer, por isso a importância desta campanha onde nós chamamos a atenção das mulheres para a realização de exames preventivos regularmente. A Eco Clínica trouxe para Tubarão o primeiro mamógrafo e hoje disponibiliza mamografia digital e ultrassonografia, que permitem a realização de exames mais precisos da mama.

O mês rosa surgiu nos Estados Unidos na década de 90 com a intenção de estimular tanto a população como as entidades filantrópicas a realizarem campanhas para exames de prevenção do câncer de mama. E este movimento surgiu porque milhares de mulheres morriam por falta de conduta preventiva. Como o movimento teve os seus resultados positivos, houve um crescimento mundial e muitos países aderiram ao evento sobre a prevenção do câncer de mama. No Brasil, o Outubro Rosa chegou no ano de 2002, em São Paulo. Assim, o país iniciou a adesão e hoje é um evento muito forte e que traz inúmeros benefícios para as mulheres.

O câncer de mama é uma doença que ocorre por causa do desenvolvimento anormal das células da mama. Elas se multiplicam repetidamente até formarem um tumor maligno. Esse é o objetivo da campanha, conscientizar a importância do diagnóstico precoce. O Outubro Rosa surgiu exclusivamente para prevenção do câncer de mama, porém, hoje, em relação à saúde da mulher, outros itens já começam a ser enquadrados, inclusive com leis publicadas no Brasil. Uma é a prevenção do câncer do colo uterino e também o combate ao vírus HPV, o qual alguns deles são precursores do câncer do colo uterino. O HPV papilomavírus humano pode infectar a pele ou as mucosas. São mais de 100 tipos diferentes e 40 podem infectar o trato anogenital.

DSC_0509

TOPO